Rede Corporativa
Santos - São Paulo - Brasil, 21 de outubro de 2019.

-----
 
O MELHOR DA GASTRONOMIA 
BRASILEIRA PASSA POR AQUI!

O Governo do Estado de São Paulo trabalha na promoção de seus roteiros turísticos-gastronômicos por
acreditar que a gastronomia, como produto associado ao Turismo, é indutora do desenvolvimento regional




SAIBA MAIS
-----
 
05/11/2018
A FINAL
A FINAL

Sabor de SP traz o melhor da gastronomia paulista ao Memorial

No último final de semana, entre os dias 10 e 11, ocorreu no Memorial da América Latina o Sabor de SP. Servindo os 28 pratos finalistas das etapas regionais.
 
A autêntica gastronomia paulista, sempre em cena, exibiu suas iguarias respaldadas em produtos da terra, num nítido resgate cultural das raízes regionais. Este é o caminho que a Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo encontrou, em 2013, para criar o Festival Gastronômico Sabor de SP.
 
Ao longo desses anos o evento vem desvendando histórias, fornecendo informações culturais, além de revelar o convívio na realização dos pratos com os produtos da terra e, desta forma, promover de modo surpreendente e criativo a culinária regional paulista.
 
Neste final de semana os finalistas da disputa ao longo de 2018 trouxeram seus pratos para o coração da capital em uma celebração da diversidade da culinária caipira, caiçara e serrana paulista.
 
Além da farta e premiada gastronomia, o evento contou ainda com apresentações culturais do Balé Municipal de Santa Cruz do Rio Pardo, do Grupo Folklorístico Stella Bianca e da Orquestra Municipal de Guarujá.
 
O secretário estadual de Turismo, Junior Aprillanti, disse na abertura do festival que “esta é a oportunidade de se mostrar talento e história. É muito importante este programa de nossa Pasta que acontece desde 2013, uma vez que a gastronomia é forte aliada da atividade turística”. Ressaltou também que turismo é negócio e que desde a primeira edição, o Sabor de SP recebeu 260 mil participantes.
 
Durante todo ano de 2018, houve as seletivas desta ação e o resultado foi este: 28 pratos finalistas estiveram à disposição do público, com preços moderados e com entrada franca. Este evento, que agita a gastronomia paulista, consolida um roteiro gastronômico novo a cada ano, enaltecendo a produção culinária e agrícola da região e promovendo empregos e prosperidade.
 
Para se ter uma idéia da grandiosidade do Sabor de SP, seus participantes levaram para os dois dias as seguintes quantidades:
 
Porções de pratos –14.126
Sanduíches - 6.350
Salgados – pastéis, bolinhos, coxinhas e croquetes - 13.066
Bolas de sorvetes e doces – 11.130
 
Para todo este trabalho, a Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo conta com a revista Prazeres da Mesae apoio educacional do SENAC.Juntos percorreram todo o estado em busca dos pratos que melhor representam a cozinha típica paulista. 


Conheça os pratos finalistas:

Etapa Bauru – Bar da Rosa

 
Prato: Bolinho de Tapioca e Queijo Coalho com Recheio de Calabresa
Chef: Moacir Santana da Silva
Crédito da foto: Ricardo D'Angelo / Prazeres da Mesa

Sobre a receita:
Encontrada de norte a sul do país, a tapioca é um dos ingredientes que definem a essência do brasileiro. Apaixonado pelos insumos nacionais, Moacir Santana da Silva criou um bolinho de tapioca e queijo coalho. O bolinho que, por si só, já é irresistível, ficou ainda melhor com o recheio de calabresa. Delícia pura.


Etapa Bauru – Paladar Pastel

 

Prato: Pastel de Frango Caipira com Catupiry
Chef: Paulo Vinicius Wolber
Crédito da foto: Ricardo D'Angelo / Prazeres da Mesa

Sobre a receita:
A combinação de frango com catupiry é um sucesso nacional, mas a avó de Paulo Vinicius Wolber foi além e criou um pastel recheado com os dois ingredientes. A receita passou de geração para geração e foi melhorando a cada ano. Hoje, o pastel feito com frango caipira leva também lombo de porco, azeitona, milho e uma combinação de temperos da casa.

Etapa Bauru – Raízes restaurante rural

 

Prato: Sanduiche de Porchetta
Chef: Murillo Maringoni Neto
Crédito da foto: Ricardo D'Angelo / Prazeres da Mesa

Sobre a receita:
É comum encontrar a carne suína em muitas cozinhas do interior de São Paulo. No restaurante Raízes, a iguaria estrela em um delicioso prato de origem italiana: a porchetta. A carne é marinada em diversos temperos e na cachaça, o que lhe confere um sabor especial. Na casa em Bauru, a porchetta é servida como prato principal, com acompanhamentos, mas em feiras e eventos, ela é transformada em recheio de sanduíche.


Etapa Campinas – Alex Silva Lanches

 
Prato: Brotas
Chef: Dante Balestrero Feltrin
Crédito da foto: António Rodrigues / Prazeres da Mesa


Sobre a receita:
Quando ainda estava elaborando o cardápio da lanchonete, Dante tinha em mente utilizar produtos de sua cidade como a linguiça brotense de pernil, que tanto apreciava e o requeijão de corte caseiro, bem diferente de qualquer outro queijo de que se lembrasse. O resultado foi o “Brotas” – sanduba 100% brotense, desde o pão francês, até o tomate. “Somos um cartão postal da cidade”, diz Dante. Vamos experimentar?

Etapa Campinas – Sweet Café

 
Prato: Torta Baronesa do Café
Chef: Adriana Corsi Jannes
Crédito da foto: António Rodrigues / Prazeres da Mesa

Sobre a receita:
Esta torta foi criada para destacar o produto de maior relevância cultural e econômica da cidade de Espírito Santo do Pinhal, o café. No sweet café várias sobremesas levam este ingredientes, inclusive o bolo de  brigadeiro. Para esta edição do Sabor de São Paulo, Adriana criou um doce cheio de texturas e combinações que tem no café seu ator principal. Vamos adoçar o dia?


Etapa Campinas – Villa DonnAnna 

 

Prato: Hambúrguer de Carneiro de Santana
Chef: Carlos Eduardo Munhoz Possibon
Crédito da foto: António Rodrigues / Prazeres da Mesa

Sobre a receita:
Localizada na zona central do Estado de São Paulo, há 220 km da Capital, a Estância Climática de Analândia, destaca-se por seu clima ameno, suas cachoeiras, bosques e colinas, muito apreciadas por turistas... E também pelos carneirinhos pastoreados na região. Carlos Eduardo criou este hambúrguer para cumprir com a proposta do Festival do Carneiro que acontece todo outubro. O prato fez sucesso e ficou no cardápio, atraindo levas de turistas.


Etapa Franca – Baru Cozinha Afetiva

 

Prato: Chiqueirinho
Chef: Suzana Ruzzene
Crédito da foto: Ricardo D'Angelo / Prazeres da Mesa

Sobre a receita:
Comida de avó já é boa por natureza, mas se o encontro com a família acontece no clima do sítio fica ainda mais gostoso. Quando criança, Suzana acompanhava o avô na ordenha, brincava em meio aos porcos e às vacas e é dessa memória afetiva que nasceu o chiqueirinho, um arroz de costela, com o temperinho da vovó.


Etapa Franca – Casa da Noca Bistro

 

Prato: Bolinho de Paçoca de Carne-Seca ao Barbecue de Tamarindo
Chef: Jarbas José de Oliveira Simão
Crédito da foto: Ricardo D'Angelo / Prazeres da Mesa

Sobre a receita:

Chef paulista com formação em Biologia, abraçou de coração a gastronomia. Fez a releitura de uma receita paraibana e trouxe os sabores da região por meio da carne-seca, banana marmelo. Mas não se contenta em apenas apresentar o que é de fora e une os sabores de seu Nordeste aos da região em que vive por meio do tamarindo, que vem em uma árvore centenária localizada no fundo de seu quintal. O resultado é o bolinho de paçoca de carne-seca ao barbecue de tamarindo, carro-chefe do bistrô.
 

Etapa Franca – Matheus & Rosária

 

Prato: Coxinha Ouriço da Canastra com Goiabada Picante
Chef: Pedro Tadeu Fernandes Santoro
Crédito da foto: Ricardo D'Angelo / Prazeres da Mesa

Sobre a receita:
Queijo com goiabada já é uma combinação bem brasileira e tem uma legião de fãs país afora. Mas Pedro traz esse casamento com uma nova apresentação. Como Franca fica perto da mineira Serra da Canastra, ele criou uma coxinha com o queijo da canastra e a tradicional goiabada. Inspirado na bolinha de queijo, esse é daqueles quitutes que são difíceis de resistir.


Etapa Presidente Prudente – Casa Vilharquide

 

Prato: Croquete de Tilápia
Chef: Angelita Prainha de Medeiros
Crédito da foto: Ricardo D'Angelo / Prazeres da Mesa

Sobre a receita:
A chef Angelita comanda com maestria a cozinha da Casa Vilharquide. Lugar aconchegante, trabalha muito bem com a tilápia, peixe que conquista pelo sabor e versatilidade na cozinha. Aqui, a receita está baseada nos croquetes de truta da região da Serra da Mantiqueira. Vale lembrar que a região de Paraguaçu Paulista conta com vários criadouros de tilápia.


Etapa Presidente Prudente – Feira da Reforma Agrária de Martinópolis

 

Prato: Coxinha de Mandioca com Recheio de Costela
Chef: Cleide da Silva Alegra
Crédito da foto: Ricardo D'Angelo / Prazeres da Mesa

Sobre a receita:
Uma das feiras mais famosas do Brasil, pela qualidade de seus produtos, tem nessa coxinha um de seus atrativos. A massa é uma receita de família. “Mas, era com batatinha. Como sou produtora rural (moradora do Assentamento Chico Castro Alves) e cultivo mandioca, decidi fazer uma adaptação e foi um sucesso”, conta Cleide Silva. O recheio é uma boa combinação e criado para atender pedidos dos fregueses.


Etapa Presidente Prudente – Gelateria Perino

 

Prato: Gelato de Arroz Doce
Chef: Elias Tanios Perino
Crédito da foto: Ricardo D'Angelo / Prazeres da Mesa

Sobre a receita:
“Somos uma família ítalo-libanesa. Na parte libanesa, meus avós tinham armazém de secos e molhados e com o passar dos tempos, se transformou em bar”, conta Elias. “Minha avó fazia alguns doces e salgados libaneses. Um desses doces era o arroz doce em potinho”. Quando a gelateria foi montada, uma versão da receita foi criada. Hoje, o gelato de arroz doce é um sucesso na Gelateria Perino. Muitas pessoas de Ourinhos e outras cidades da região, e do norte do Paraná, vem provar a delícia.


Etapa Presidente Prudente – Vila Real Cervejaria

 
 
Prato: Coxinha de Frango com Catupiry
Chef: Marcelo Jacon da Silva
Crédito da foto: Ricardo D'Angelo / Prazeres da Mesa

Sobre a receita:
Coxinha com catupiry é um clássico da nossa cozinha, dessas delícias que não dá para resistir. “Pesquisei muito para aprender essa receita. Virou referência e carro chefe do nosso restaurante”, conta Marcelo Jacon, que comanda a cervejaria, parada obrigatória para quem está pela região.


Etapa Santos – Empório Casa Porto

 

Prato: Kãmu-Si (Panacotta de Coco com Cambuci)
Chef: Lucas de Lucena Cavalcanti
Crédito da foto: RJ Castilho / Prazeres da Mesa

Sobre a receita:
O Cambuci é uma fruta emblemática abundante em boa partedo Estado, mas especialmente na costa litorânea. Possui aroma leve-mente adocicado e sabor cítrico, dando personalidade a diversos pra-tos. A panacotta de coco coberta com cambuci em calda e salpicada de crostinhas de amendoim criada por Lucas, comparece aqui não só pela composição ousada, mas também pelo apoio que presta às cooperativas de produção familiar locais da fruta. Vamos adoçar a boca e a alma. 


Etapa Santos – La Marina

 

Prato: Moqueca de Jaca Verde e Carapau na Folha de Bananeira
Chef: Felipe do Amparo Cruz
Crédito da foto: RJ Castilho / Prazeres da Mesa

Sobre a receita:
Banana, mandioca, peixe e jaca quatro produtos que são o espírito do litoral caiçara. O La Marina usou todos estes ingredientes para fazer um dos pratos brasileiros mais clássicos, mas de maneira totalmente nova, com toda a expressão culinária do verão do Guarujá. Surpreendeu os comensais com uma moqueca de jaca verde, servida com farofa de banana e o Carapau assado na folha de bananeira, à parte. Um sucesso.


Etapa Santos – Manjuba & cia

 
Prato: Arroz do Lagamar
Chef: Silvana Cristina de Aguiar Souza
Crédito da foto: RJ Castilho / Prazeres da Mesa

Sobre a receita:
O Estado de São Paulo é rico em influências estrangeiras. Imigrantes aqui deixam sua marca. O Arroz de Lagamar é uma delas. Miguel é espanhol. Ele e Silvana decidiram adaptar a paella aos ingredientes nativos. Assim, a receita leva palmito pupunha, arroz agulhinha, frutos do mar da nossa costa e colorau. Se você quer conhecer uma legítima paella caiçara, experimente o Arroz de Lagamar.


Etapa São Carlos – Restaurante Mamãe Natureza

 

Prato: Mandioca grelhada com Shiitake
Chef: Farley Alencar Oliveira
Crédito da foto: António Rodrigues / Prazeres da Mesa

Sobre a receita:
Vegetariana e sem glúten, a mandioca grelhada acompanhada de shiitake nasceu a partir do pedido de um cliente da Mamãe Natureza, que precisava abrir mão do glúten e do sal. A receita deu certo, fez sucesso e caiu no gosto do público, tanto que logo foi incluída no cardápio da casa.


Etapa São Carlos – Pitanga Sorvetes artesanais

 

Prato: Sorvete de Creme Suíço Acompanhado de Brownie e Calda de Café com Cumaru
Chef: Darwin Aquino
Crédito da foto: António Rodrigues / Prazeres da Mesa

Sobre a receita:
Tentativa e erro. Foi assim que nasceu essa sobremesa da Pitanga Sorvetes Artesanais. Tudo começou com o sorvete de creme suíço, inspirado no sabor das balas de caramelo, com leve toque de açúcar queimado. O brownie e a calda nasceram depois, criados especialmente para acompanhar a versão do famoso sorvete da casa.


Etapa São Carlos – Rock Burger

 
Prato: Red Hot
Chef: Melina Gielfi Ferraz
Crédito da foto: António Rodrigues / Prazeres da Mesa

Sobre a receita:
Cidade famosa por seus lanches e pelo grande número de universitários, São Carlos viu o movimento de hamburguerias crescer. As casas de lanches tradicionais ganharam a companhia do hambúrguer artesanal, que agrada de moradores a turistas. Sentindo essa onda chegar na região, Melina e o marido deram vida à Rock Burger. O red hot nasceu depois de inúmeros testes até chegar à combinação perfeita de sabores que dão origem a esse hambúrguer de linguiça com molho caseiro.


Etapa São José do Rio Preto – Empório Nhô

 

Prato: Charcutaria do Nhô
Chef: Alexandre Villela Carvalho
Crédito da foto: RJ Castilho / Prazeres da Mesa

Sobre a receita:
Linguiças, defumados e curados são clássicos no interior de São Paulo. Alexandre, do Empório Nhô foi criado em fazenda, assistindo e aprendendo charcutaria com a avó. Aqui, ele apresenta algumas criações próprias com cerveja e carne de porco da região e lardo de boa altura. Delícia caipira.


São José do Rio Preto – Frei Caneco Choperia

 

Prato: Hot Dog Caipira
Chef: Luiz Carlos Cunha Filho
Crédito da foto: RJ Castilho / Prazeres da Mesa

Sobre a receita:
Hot dog é um prato universal, mas Luiz Carlos decidiu que o seu cachorro quente deveria oferecer produtos regionais. Adotou então o pão de milho, uma “salsicha” de carne suína artesanal, melaço de cana, limão cravo e o requeijão de corte.  Agora, você experimenta e atesta.


São José do Rio Preto – Restaurante Mamma Luiza

 
Prato: Sorvete de Mandioca com Calda de Rapadura
Chef: Marlene Borges Oliveira Fazzolo
Crédito da foto:  RJ Castilho / Prazeres da Mesa

Sobre a receita:
Marlene foi testando e provando. Aí chegou nesta receita bem balan-ceada de sorvete de mandioca, com calda de rapadura. Já está na hora da sobremesa. Oba!


Etapa Sorocaba – Quinta do Olivardo

 

Prato: Pastel de Belém à Moda da Quinta
Chef: Olivardo Saqui
Crédito da foto: RJ Castilho / Prazeres da Mesa

Sobre a receita:
A receita de pastel de natas está na família de Olivardo Saqui há anos. O docinho português é a sobremesa que mais agrada o público do restaurante. A cada 15 minutos, um sino anuncia fornadas quentinhas do Pastel de Belém à moda da Quinta. Para comemorar o feito, fun-cionários e clientes batem palmas, transformando o ambiente em uma verdadeira festa.


Etapa Sorocaba – Comprenafeira

 

Prato: Creme de Milho com Pupunha e Bolinho de Entrevero
Chef: Alexandra Roberta S. Fatiga
Crédito da foto: RJ Castilho / Prazeres da Mesa

Sobre a receita:
Foi em busca de uma alimentação mais saudável que Alexandra encontrou as receitas de creme de milho com pupunha e bolinho de entrevero. Apesar de focar na tabela nutricional e nos insumos orgânicos, esses quitutes têm o sabor como ingrediente principal.


Etapa Sorocaba – Trattoria Vin Santo

 

Prato: Nhoque de Batata-Doce Roxa na Fonduta
Chef: Daniel Fragoso Magalhães
Crédito da foto: RJ Castilho / Prazeres da Mesa

Sobre a receita:
O nhoque de batata-doce-roxa na fonduta é a primeira criação original da Trattoria Vin Santo. Desde que entrou no cardápio, é o prato mais vendido e aclamado pela clientela. O diferencial da receita, além de encantar aos olhos pelo contraste de cores, é o uso de ingredientes frescos e a busca por representar fielmente os sabores do País da Bota.


Etapa Taubaté – dO Gnomo Restaurante & Petiscos

 

Prato: Truta a Moda do Gnomo
Chef: Caio Ribeiro Penteado
Crédito da foto: António Rodrigues / Prazeres da Mesa

Sobre a receita:
Caio criou uma receita que utilizava apenas ingredientes locais. Sua ideia era valorizar os produtores da região que tanto ama. Resultado: a Truta a Moda do Gnomo tornou-se o prato mais pedido do restaurante.

Etapa Taubaté – Dona Chica

 
Prato: Pernil e Pinhão ao Molho Stout com Purê de Abóbora
Chef: Anderson Cesar Oliveira
Crédito da foto: António Rodrigues / Prazeres da Mesa

Sobre a receita:
O Dona Chica fica emu ma reserve ambiental e prioriza alimentos naturais, Embora com influências mineiras, este prato valorize as Pancs (plantas alimentícias não convencionais), o pinhão e a carne suína, que fazem parte da cultura da região.


Etapa Taubaté – Merengueria Santa Clara

 

Prato: Barra de Suspiro com Chantilly e Calda de Frutas Vermelhas
Chef: Marcelo Matioli
Crédito da foto: António Rodrigues / Prazeres da Mesa

Sobre a receita:
Suspiro com frutas vermelhas e Chantilly juntos é bom, mas se a receita valorizar os produtores locais, melhor ainda. Marcelo procura usar ovos dos criadores de Pindamonhangama e Santo Antônio do Pinhal; o crème de leite de uma cooperative de Taubaté (Comevap) e as frutas vermelhas da Serra da Mantiqueira (Santo Antônio do Pinhal, Campos do Jordão e São Bento do Sapucai).


 


Atalhos da página

CONHEÇA OUTROS PROJETOS

SEG À SEX DAS 9H ÀS 18H
Praça Ramos De Azevedo, 254
Centro - São Paulo - SP
CEP: 01037-010
turismo@sp.gov.br
TEL: (11) 3204-2855
Rede Corporativa e-Solution Backsite